Rede social: PT vai montar “patrulha virtual”

Folha de São Paulo – retirado do blog Carmadelio

O PT vai montar uma “patrulha virtual” e treinar militantes para fazer propaganda e criticar a imprensa em sites de notícias e redes sociais como Twitter e Facebook.

O partido quer promover cursos e editar um “manual do tuiteiro petista”, com táticas para a guerrilha na internet. A ideia é recrutar a tropa a tempo de atuar nas eleições municipais de 2012.

“Vamos espalhar núcleos de militantes virtuais por todo o país”, promete o petista Adolfo Pinheiro, 36, encarregado de apresentar um plano de ação amanhã ao presidente da legenda, Rui Falcão.

Adriano Vizoni/Folhapress
SAO PAULO - SP, BRASIL, 17-10-2011, 19h30: PT NAS REDES SOCIAS. Retrato de Adolfo Pinheiro, coordenador do MAV (Militantes em Ambientes Sociais), nucleo que o PT esta criando para fazer propaganda politica na internet. (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress, PODER)
Adolfo Pinheiro, coordenador do núcleo que o PT está criando

Os filiados serão treinados para repetir palavras de ordem e usar as janelas de comentários de blogs e portais noticiosos para contestar notícias “negativas” contra o PT.

“Quando sai algo contra um governo petista, a mídia faz escândalo, dá página inteira no jornal. Temos que ir para cima”, diz Pinheiro.

“Nossa única recomendação é não partir para a baixaria e manter o nível do debate político”, afirma ele.

A criação dos chamados MAVs (núcleos de Militância em Ambientes Virtuais) foi decidida no 4º congresso do partido, em setembro.

O encontro foi marcado por ataques à imprensa e pela defesa da “regulamentação dos meios de comunicação”.

O militante à frente do projeto atuou na campanha de Aloizio Mercadante ao governo paulista em 2010.

No mês passado, tentou articular um ato contra a revista “Veja” após a publicação de reportagem sobre o ex-ministro José Dirceu.

Os petistas dizem que a nova ferramenta também poderá ajudar seus candidatos a enfrentar boatos na rede com maior rapidez.

“No ano passado, demoramos demais a rebater calúnias contra Dilma [Rousseff] sobre aborto e luta armada”, afirma Pinheiro.

Anúncios

Sobre catolicosconservadores
Casado, advogado, católico.

One Response to Rede social: PT vai montar “patrulha virtual”

  1. Isayas says:

    SOCIALISMO/COMUNISMO = TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO/MARXISMO CULTURAL = DITADURA DO RELATIVISMO FACILITANDO TOTAL PATRULHA IDEOLÓGICA
    A Teologia da Libertação/Marxismo Cultural é uma heresia criada pelo Socialismo/Comunismo Internacional com vínculos também com o protestantismo e maçonaria para minar a Igreja Católica Tradicional e a democracia por meio partidos socialistas/comunistas; os pressupostos se baseiam em experiência anterior de o comunismo se impor pela violência e não obter bons resultados.
    Trata-se de nova tática subversiva agindo na mídia, camuflados nas redes sociais, utilizando sofisticadas técnicas de distorção de fatos pró socialismo/comunismo, comprando-a para se propagar e infiltrando agentes da Internacional Socialista, situação desde Stálin – há mais sociedades secretas no processo de tentar implodir a Igreja, como a maçonaria, ou passando-se por sacerdotes e até bispos – os membros da TL apostasiam-se – como os ex freis Boff, Betto, Susin, Pe Libânio, e os sutis, como como Pe Fabio de Melo – apologista de “evolução dogmática”, “cristificação”; veja-o no Natal 2011 Globo, e mais relativistas correlatos. etc., distorcendo-lhe a doutrina, dando conotação socializante, negando-lhe a transcendência, etc., embora pareça ser religiosa, é imanente; os exemplos apologizados pela TL são os países-prisão comunistas: China, Cuba, Coreia do Norte etc. com suas doutrinas ateístas. A China, por ex., além de nenhuns direitos individuais, há constantes denúncias de macabras indústrias processadoras de fetos abortados dessecados, transformados em alimentos e a indústria governamental abortista, a mais ativa do mundo.

    Note-se que no doutrinamentos a TL/MC usa os mesmos termos eclesiais, apenas subvertendo-os, ideologizando-lhes o sentido, com poucas diferenças, facilitando a perversão de quem não souber do sofisma para camuflar a verdadeira intenção; perverter a pessoa por falsa doutrina. Aliás, A Editora Paulus além de o folheto “O Domingo”, em “Os caminhos de Existencia”, confira o de n° 14, por ex., TL explícita e possui a socializada “BIBLIA. EDIÇÃO PASTORAL”, versões de Ivo Storniolo e Euclides Balancin, com “imprimatur” de D Luciano Mendes. As contraposições irrefutáveis são do eminente teólogo D. Estêvão Bettencourt.
    Um dos pilares de revolta contra a Igreja é por nos propor não participar do ateísmo comunista, do mundanismo, relativismo doutrinário e orgias do pansexualismo e por acusar de heréticos e satânicos as ações de seguidores de teorias e práticas marxistas.
    Idem, por a Igreja os acusar de desfamiliarizarem a sociedade, aliená-la, atiçarem a cobiça e a inveja em lutas de classes, a violência e favorável às mazelas morais – BBBs da vida, uniões gays, feminismo, aborto, eutanásia, indistinção sexual, pedofilia, seitas, etc., pois uma sociedade amoralizada e desagregada e agredindo-se mutuamente facilitará a implantação da Nova Era – NWO/SHA e seus anexos, um supermercado de religiões ocultistas, idem pertencente às seitas secretas e materialistas, assim como um Estado totalitarista, materialista, opressor e ateu.
    O próximo passo seria o controle pessoal pelo microchip, previsão de instalação inicial para breve nos EUA.
    O S/C – TL/MC são condenados por todos os S Padres unanimente sob todas as formas e modelos, com pena de exclusão automática a católicos que se filiarem, colaborarem sob qualquer forma ou pretexto, inclusive votar em candidatos e partidos SOCIALISTAS/COMUNISTAS e aliados – piores ainda os possuidores de militância ativa – apostasia – por auxiliarem na implantação de leis iníquas e homicidas.

    Aliás, em sua ida à Alemanha, cidade de Erfurt, O S Padre Bento XVI classificou o Socialismo-Comunismo e Nazismo de “chuvas ácidas” e ao Socialismo-Comunismo de “peste vermelha” e ao Nazismo de “peste negra”. O S Padre Leão XIII, por ex., sentenciou: “os comunistas, socialistas e niilistas são uma peste mortal que se introduz como a serpente por entre as articulações mais íntimas dos membros da sociedade humana, e a coloca num perigo extremo”.( Quod Apostolici Muneris).

    Apoiar, viver o acima e confrontar a Igreja é apostasiar-se; é incluir-se desde já na agenda de Satanás para a eternidade.

Comentário aguardando aprovação

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: