E se Steve Jobs tivesse sido abortado?

Se Steve Jobs, o cofundador da Apple, tivesse sido abortado teríamos hoje a Apple, o Ipad, os Tablets, Iphone, etc? Pergunto isso, pois ele mesmo disse que era fruto de uma gravidez indesejada. Se naquela década de 1950, sua mãe fosse orientada pelas feministas atuais, com certeza ele não teria nascido.

Será que o mundo atual não está mandando muitos Steves Jobs para o lixo?

Até o L´Osservatore Romano fez uma homenagem a Steve Jobs com um artigo. “Steve Jobs é um dos símbolos e protagonistas da revolução informática, que transformou a mentalidade e a cultura do mundo” – expressou o jornal do Vaticano.

Parece brincadeira, mas aqueles fetos (bebês) com grandes chances de serem abortados, devido às circunstâncias mais diversas, se tornam pessoas com futuros promissores. Vejam a lista: Steve Jobs, Beethoven, Ethel Walters, João Paulo II, etc.

 

Anúncios

Sobre catolicosconservadores
Casado, advogado, católico.

Comentário aguardando aprovação

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: