Curtíssimas

Fiquei uns dias sem postar por aqui, pois estou curtindo um novo tempo em minha vida: meu primeiro filho nasceu!

No parto, quando vi o bebê e toda a proteção que uma criança precisa fiquei pensando nas mães e pais que abandonam seus filhos ou que os matam antes de nascer… Não é algo entendível. Pois um ser tão inocente, indefeso, belo só precisa de carinho e proteção e como recusar isso a um necessitado?

——————————————————————————————————————————————————

Queria somente comentar sobre o evangelho de domingo passado… quem foi à missa ouviu várias interpretações do evangelho, algumas até ridículas e outras desconcertantes. Mas na igreja que fui o padre só cantou o seguinte: “Bastariam cinco pães e dois peixes para o milagre do amor: acabar com tanta fome e dor”. Não preciso falar muito, dá para entender que o sacerdote olhou o milagre de Jesus como a partilha dos pães e, segundo eles, se todos repartissem o pão a fome acabaria no mundo. Não discordo dele neste sentido, mas o que ficou estranho é que ele não falou nenhuma vez do milagre e nem tampouco daquilo que o milagre da multiplicação significa: a Eucaristia. Ele tomou o evangelho, como muitos fazem, para sustentar teses sociológicas.

——————————————————————————————————————————————————

Por fim, deixo mais uma coisa: o Cardeal Canizares, prefeito da congregação para o Culto Divino disse que os cristãos deveriam voltar a comungar de joelhos e na boca.

Anúncios

Sobre catolicosconservadores
Casado, advogado, católico.

Comentário aguardando aprovação

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: