Hugo Chávez e a morte

Chávez participa de missa na Venezuela. Foto: Reuters

Todos sabem quem é Hugo Chávez, o presidente quase ditador da Venezuela, perseguidor de oposicionistas como Alejandro Peña Esclusa e de membros da hierarquia católica. Chegou várias vezes a afirmar que Jesus era comunista e que os bispos (que se opunham a ele) deveriam se calar.

Mas agora o negócio encardiu para o lado dele. Ele está sofrendo de câncer no intestino. Sabe que o homem nasce, mas um dia morre. Embora ele pensasse ser eterno no governo da Venezuela.

Diante do perigo da morte teve que agora recorrer à Igreja para pedir o sacramento da Unção dos Enfermos (foto acima). Este sacramento é ministrado para aqueles que têm uma enfermidade grave ou que esteja correndo risco de morte. No caso dele, ele tem uma doença grave.

O que quero com isso? Quero somente lembrar que até os inimigos da Igreja podem usufruir dos bens da Igreja. E mais: somos nós, os fiéis da Igreja, que queremos a conversão dos inimigos e não nos comportamos como o irmão do filho pródigo que disse ao Pai “esse daí gastou os teus bens com as meretrizes e agora dás a ele um banquete?”.

Claro, receber um sacramento (seja quem for) não é sinal de conversão verdadeira, às vezes pode ser uma conversão exterior e não interior. Mas rezemos que a enfermidade de Chávez e o sacramento ministrado a ele possa produzir frutos de conversão exterior e interior nesse candidato a ditador.

 

 

Anúncios

Sobre catolicosconservadores
Casado, advogado, católico.

Comentário aguardando aprovação

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: