Mídia ataca Dom Bergonzini e Myriam Rios

Parece piada, mas falar qualquer coisa que a mídia considera errado dá ibope. E pior ainda se for católico.

É o que está acontecendo com oDom Bergonzini (o bispo de Guarulhos que falou contra o aborto na campanha eleitoral) e com Myriam Rios (deputada católica que falou contra a PEC 23 do RJ que incluía a orientação sexual como um dos direitos individuais).

Ambos falaram coisas que a mídia e os esquerdistas do Brasil não suportam ouvir. O que é? Algumas verdades.

 O bispo falando sobre o aborto afirmou que nem sempre uma mulher que se diz vítima de abuso é tão vítima assim e ela pode chegar no médico afirmando ser vítima de estupro e autorizada a abortar. Ele estava querendo dizer que não há um mecanismo que investigue a fundo a alegação. Só que interpretaram que ele estava culpando a mulher pelo abuso (coisa de gente preconceituosa que não aceita raciocínios diferentes). Além disso, pegaram uma comparação que ele fez e fizeram uso da comparação para atacá-lo.

Myriam Rios além de ser acusada de homofóbica (expressão que ainda não tem uma definição certa, ou porque significa medo do homossexualismo ou raíva contra os homossexuais), foi acusada de associar pedofilia com homossexualismo. Já comentei sobre isso aqui.

Eliane Brum, colunista da Revista Época, escreveu um artigo no qual ela inicia dizendo que os católicos que vivem o evangelho deve ter vivido um mês de junho tenebroso diante dos discursos de Dom Bergonzini e de Myriam Rios. Ela se engana. Os católicos que verdadeiramente querem viver o evangelho se alegraram em ver que ainda há pessoas públicas que são capazes de defender a moral judaico-cristã.

Já Marcos Rolim do Jornal Zero Hora titula seu artigo como tortura no confessionário. Não vou entrar em detalhes, mas você já pode imaginar sobre quem e o que ele está se referindo.

A mídia está fazendo o seu papel de questionar as opiniões, mas não distorcer a verdade ou manipular a opinião pública em detrimento daqueles que não pensam politicamente correto.

Vale a pena lembrar aqui que os cristãos amam a liberdade e a democracia. Os cristãos têm o direito de expressar suas opiniões, pensamentos e doutrinas, mesmo que muitos pensem ao contrário.

Nenhum cristão quer tapar a boca daqueles que pensam contrários a nós (como alguns querem fazer com os cristãos), mas queremos ter a liberdade e o direito de cidadania.

Abaixo a ditadura e viva a liberdade de expressão!

Anúncios

Sobre catolicosconservadores
Casado, advogado, católico.

Comentário aguardando aprovação

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: